Além da academia: exercícios não convencionais

No que você pensa quando você escuta o termo “exercício físico”? Musculação, corrida, futebol, tênis, tudo isso junto talvez? Se a sua resposta se encaixou em alguma dessas alternativas, não se preocupe: você não está sozinho.

Realmente esses são alguns dos exercícios mais comuns e mais praticados por aí. Mas existem outras modalidades de exercícios físicos que ganham cada vez mais espaço na rotina e no coração das pessoas. Por mais que não sejam tão comuns, esses exercícios oferecem uma série de benefícios e podem inclusive substituir os exercícios mais populares.

Exercícios diferentes

Mas afinal de contas, que exercícios não convencionais são esses? Por que eles se tornam mais populares a cada dia? E o que eles podem fazer pelo seu corpo? Para responder todas essas perguntas a gente separou QUATRO atividades físicas que fogem do comum.

Afinal, o mais importante é você encontrar aquele exercício que mantém você em movimento sem parecer uma obrigação.

Pole dance

Comprar QuitoplanPra começar, temos o pole dance. Muitas pessoas ainda acham que o pole dance é só uma dança sensual. Agora, por mais que essa dança pareça bem simples e delicada pra quem assiste, ela exige muita força e dedicação de quem pratica. A verdade é que essa modalidade requer um esforço tremendo, mas pode ser muito gratificante. Então, o que o pole dance pode fazer por você?

Um estudo feito pelo Jerzy Kukuczka Academy of Physical Education, na Polônia, com 52 mulheres praticantes de pole dance, chegou à conclusão de que a prática regular de pole dance pode contribuir para um aumento significativo na força e para a melhora da postura, que é importante para todo o sistema músculo-esquelético.

Ele ajuda ainda a aumentar o tônus muscular, ou seja, o estado de contração de um músculo em repouso. Você pode desenvolver principalmente seu abdômen, braços e pernas, além de aumentar sua flexibilidade, equilíbrio e autoestima. Além disso, existem alguns efeitos secundários da prática de pole dance.

Por exemplo, você poderá desenvolver uma maior consciência corporal cinestésica, ou propriocepção, que basicamente é a capacidade de reconhecer e controlar a sua posição no espaço em relação aos objetos e às outras pessoas ao seu redor. Na prática, você pode se tornar menos desastrado, tropeçar menos, esbarrar menos nas coisas e deixar menos coisas caírem, por exemplo.

Aulas de circo

Por outro lado, se você não gosta da ideia de dançar e fazer acrobacias em torno de uma barra vertical, mas ainda deseja ter todos esses benefícios, talvez aulas de circo sejam o ideal pra você. Cada vez mais lugares, inclusive academias, oferecem aulas de atividades circenses, como tecido acrobático e trapézio.

Essas modalidades trabalham predominantemente a capacidade de força, mas também dependem da participação de outras capacidades para a realização dos movimentos, como a resistência e a velocidade. Assim, atividades aéreas e de acrobacia desenvolvem diferentes grupos musculares ao mesmo tempo, aumentando a força, melhorando o equilíbrio e a postura, desenvolvendo a consciência corporal e, é claro, definindo os músculos.

Fora que praticar tecido acrobático ou trapézio trabalha também a superação do medo de altura. Segundo o depoimento de Rejane Vargas, assistente de direção da Academia Brasileira de Circo, as artes circenses formam um ambiente democrático, com alunos de todas as idades, de ambos os sexos, em qualquer forma física e até pessoas com problemas de saúde, desde que tenham indicação médica.

Por conta disso, o índice de desistência é baixíssimo. Além disso, as atividades circenses ajudam os seus praticantes a expressar e desenvolver o seu lado artístico.

Zumba

Quitoplan emagrece?Agora, se você é daqueles que prefere continuar no nível do solo, talvez a zumba seja uma boa ideia. Sabe por quê? Uma revisão feita na Universidade de Padova, na Itália, avaliou artigos publicados sobre o tema e chegou à conclusão de que a Zumba pode ser considerada uma atividade física efetiva e capaz de melhorar a capacidade aeróbica.

Ou seja, ela proporciona os benefícios que você teria com outros treinos de cardio, como melhorar o seu condicionamento físico, aumentar o consumo máximo de oxigênio do seu corpo e reduzir a gordura corporal. Apesar de ser um tipo de exercício mais limitado, no sentido de que não trabalha muito competências como força e flexibilidade, a zumba ajuda na melhora da coordenação motora e postura e na redução da timidez.

E assim como as atividades circenses, qualquer pessoa pode fazer. Fora que as aulas de zumba podem ser muito divertidas! Normalmente essas aulas costumam juntar um grupo grande de pessoas, músicas animadas e movimentos que vão desde simples requebradas até passos mais elaborados.

No fim das contas, além de se exercitar, você aproveita pra socializar, melhora o humor e alivia o estresse do dia a dia.

Yoga

Falando em aliviar o estresse, separamos mais uma opção de atividade física que trabalha corpo e mente ao mesmo tempo: o yoga. O yoga é uma filosofia que trabalha o autoconhecimento e a lucidez através de técnicas corporais, respiratórias, de concentração, meditação e de administração do stress.

A prática de yoga tem como principais benefícios o aumento da flexibilidade, da força e do foco, sendo uma opção excelente para desconectar a mente das tarefas diárias e dos estresses do dia a dia. Ou seja, além de cuidar do seu corpo, você também vai cuidar da sua saúde mental. Ainda existe muito a explorar sobre os benefícios do yoga e a maneira como eles se relacionam com doenças.

Mas o que já se pode afirmar é que a prática dos chamados ásanas, ou técnicas corporais, está de fato associada com a redução da frequência cardíaca em repouso, do índice glicêmico em jejum, da pressão sanguínea sistólica e dos níveis de cortisol (o hormônio do estresse) durante a noite, segundo um estudo realizado em 2017 em Melbourne, na Austrália.

No final das contas, lembre que tudo é muito mais fácil se você gosta daquilo que está fazendo. Com a atividade física não é diferente… Não faz sentido se matricular em uma academia se você não gosta de musculação, ou participar de um grupo de corrida se você não gosta de correr.

Existem infinitas maneiras de manter seu corpo em movimento, superar o sedentarismo e cuidar da sua saúde. Nós citamos apenas algumas delas, por isso a nossa dica é: experimente! Busque grupos que praticam esportes diferentes dos que você está acostumado, pergunte para os seus amigos que tipo de exercício eles fazem e veja as aulas oferecidas pela academia ou estúdio perto da sua casa.

Muitos lugares oferecem a primeira aula de forma gratuita para você experimentar. A moral da história é se concentrar na viagem, e não apenas no destino final: quando você encontrar uma atividade que gosta, praticar vai ser um prazer e não um sofrimento!

Vocês “já” conheciam todos esses exercícios que mostramos? Já praticaram algum deles ou todos eles ou algum outro? Como foi? Nos contem nos comentários! Vamos adorar ouvir as histórias de vocês! Forte abraço e até a próxima!

One Reply to “Além da academia: exercícios não convencionais”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *