Broxei, e agora?

Você está se divertindo com sua parceira e se depara com um colapso sexual, claro que a primeira coisa que você pensa é “broxei e agora to com medo”.

A disfunção erétil normalmente é muito embaraçosa para um homem,mas não deve ser dramatizada, afinal, isso pode ser apenas um episódio ou um sintoma de algo mais sério. 

Vários fatores podem explicar esse episódio, como: consumo exagerado de álcool, hipertensão, obesidade, nervosismo e insegurança. Então, confira abaixo algumas dicas sobre como lidar caso isso aconteça. 

Não dramatize

Se você é homem e broxou, não se preocupe, isso pode acontecer com qualquer pessoa. Não tenha medo de conversar com sua parceira e ofereça-se para retomar o sexo um pouco mais tarde. 

Se você é uma mulher e seu parceiro está com disfunção erétil, não tire sarro disso . Em nenhum caso o homem deveria se sentir ridicularizado.

Pelo contrário, siga em frente ou redobre suas carícias para que o incidente seja apenas uma memória ruim. Se ele não conseguir lidar com isso, faça outra coisa sem tocar muito no assunto.

Use humor

Para evitar uma situação constrangedora, é possível usar o humor para minimizar a situação. 

Um clima de relaxamento deve ser criado a todo custo, se você deseja superar pacificamente esse momento infeliz. 

Por exemplo, você pode se contar sobre as situações mais embaraçosas que enfrentou. Isso inevitavelmente causará risadas.

Despertar o desejo

Para evitar cair em um círculo vicioso de fracasso, é recomendável que você se dedique durante as preliminares. 

Se você é homem, concentre-se nas necessidades da sua parceira. Se você é uma mulher, terá que redobrar sua imaginação para despertar o desejo de seu companheiro.

Você pode se encontrar em um lugar incomum ou encenar suas travessuras. Os homens são muito sensíveis ao visual, por isso às vezes basta investir em uma lingerie bem pequena para despertar o desejo do seu homem. E por que não massagens?

Saiba como falar sobre isso

Ficar reclamando sobre a situação não ajuda o homem a vencê-la. O diálogo é muito importante, mas é preciso fazer isso de forma tranquila, sem procurar culpados pela situação. 

Se você é uma mulher, tranquilize-o sobre seus sentimentos que não desaparecerão da noite para o dia.

Os homens não devem perder a confiança em si mesmos por causa dessas disfunções eréteis, mesmo que sejam repetidas. Ele também deve ser capaz de falar. 

Talvez ele esteja sofrendo de algum bloqueio? Talvez ele esteja sob grande estresse no trabalho? Falar sobre suas preocupações certamente a fará se sentir melhor.

Não hesite em consultar um especialista

Finalmente, se essas falhas forem repetidas ao longo do tempo, é do seu interesse consultar seu médico.

Este último pode acompanhá-lo ou encaminhá-lo a um psicólogo, urologista ou mesmo sexólogo . 

Essas disfunções eréteis podem ser causadas por uma doença; portanto, não as ignore e finja que está tudo bem.

Você pode ir ao médico como um casal. Isso permitirá que o homem veja a seriedade com que sua parceira leva suas preocupações e será um verdadeiro apoio para ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *