22/10/2014
Fique ligado
Você está aqui: Capa » Casa e Família » Jardinagem » Violetas – Cuidados e Curiosidades Sobre as Violetas

Violetas – Cuidados e Curiosidades Sobre as Violetas

As violetas são muito admiradas por sua delicadeza e bastante oferecidas como um singelo presente. Há relatos de que surgiram na Europa e na Tanzânia. As mais exóticas são as chamadas violetas-africanas. Na família das violetas podem se encontrar mais de 6.000 espécies com características semelhantes de crescimento e brotamento, mas com cores e formatos distintos. São flores fáceis de cuidar e enfeitam muito bem os ambientes. São associadas aos sentimentos de amor, humildade e inocência, por isso sendo usadas como plantas funerárias.

VioletaSão citadas em mitologia grega representando o amor entre Zeus e uma linda sacerdotisa. Nos banquetes, gregos e romanos usavam violetas em suas grinaldas para aliviar as ressacas. Os romanos faziam vinhos de violetas, e egípcios e turcos gostavam de sorvete de violetas. Faziam parte de rituais dos druídas, usadas em poções do amor por possuírem aroma afrodisíaco.

A medicina homeopática utiliza as propriedades da violeta para tratamento de sinusite, dores de ouvido, tosse, rouquidão, reumatismo e doenças da pele, como a psoríase por exemplo. Tem também fonte anti-sudorífera, diurética e antiinflamatória e também cura dores de cabeça. As flores são usadas para fabricar perfume, talco, sabonete e desodorante.

A verdadeira violeta (que não é aquela vendida em floricultura) é usada também em pratos de salada ou cristalizada para decorar bolos e sorvetes. As pétalas têm sabor adocicado e servem para decorar pratos. Existem receitas de doces, bolos, manteigas, geléias chás e xaropes de violeta. Em alguns lugares é possível até encontrar chocolates finos confeitados com essa flor. Outro uso bastante inusitado dessa flor é dentro de cubos de gelo, ficam requintadas e bonitas para a decoração de ambientes.

Cuidados com as Violetas

As pequenas violetas são facilmente encontradas no comércio e em qualquer floricultura, em vasos plásticos ou até mesmo xaxins, porém elas se adaptam melhor aos vasos de barro. Isso ocorre porque as violetas têm a propriedade de absorver a umidade excessiva. Quando são usados outros materiais para o recipiente onde serão plantadas recomenda-se manter o vaso mergulhado em água algumas horas antes de fazer o plantio, evitando assim que o material sugue a umidade necessária a vida da planta que respira pelas raízes. O vaso deve ter furos inferiores para escoar o excesso resultante da rega e as violetas gostam mais de estarem em terra misturada com terra vegetal. Nunca se deve molhar a parte superior da violeta, folhas e flores, é melhor colocar água no prato, mas com cuidado para não exagerar. No verão devem ser molhadas até duas vezes na semana e no inverno apenas uma.

As violetas devem ser plantadas superficialmente para não apodrecerem as raízes e pode-se obter uma muda a partir do plantio de uma folha colocada com a ponta para cima dentro de um dedo de terra. Elas florescem melhor ao abrigo de luminosidade (sem sol direto) e temperaturas amenas, entre 15 e 25 graus.

As coloridas violetas são plantinhas sensíveis e muito vulneráveis às pragas. Pulgões, ácaros e manchas surgem frequentemente. As manchas e o amarelamento das folhas pode se dar por muita luminosidade, excesso de produtos químicos (adubos) ou pela rega com água muito fria (abaixo de 21 graus.

É bom lembrar que as violetas sofrem muito com a presença de cloro na água, então pelo menos uma vez ao mês é importante ferver a água com que vai regar e deixar esfriar, depois pode até regar delicadamente por cima para eliminar os sais minerais que ficam depositados na planta.

Farinha de osso e fertilizantes orgânicos são os mais indicados para adubar, mas também existem adubos químicos com proporção própria à vida das violetas. /e quando as violetas estiverem muito apertadas no vaso é bom esperar a época em que permanecem em estado vegetativo (sem flores) para recolocá-las num vaso maior. Florescem desde fevereiro até o começo do próximo verão.

Gostou? Tem alguma sugestão ou crítica? Comente!

Deixe um comentário

Um comentário

  1. Boa tarde, minha violeta tem mais ou menos 10 anos, e agora está saindo duas mudas no caule. Pensei em removê-las mais tenho medo que afete a planta. O que devo fazer, as folhinhas das novas mudas vão acabar atrofiando.
    Por favor me indique um profissional que eu possa procurar. Moro em Guarulhos- São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>